Ecobike

Com o objetivo de promover a sustentabilidade, a Fundação Toyota do Brasil foi uma das parceiras do projeto Ecobike, idealizado pela Prefeitura Municipal de Indaiatuba. A iniciativa tem a finalidade de oferecer transporte alternativo e uma opção de lazer aos moradores da cidade. Assim, incentivar a prática esportiva, diminuir a emissão de poluentes na atmosfera e, sobretudo, conscientizar os cidadãos em relação à educação no trânsito.

As estações para retirada e devolução das bicicletas são equipadas com totens de auto-atendimento, nos quais além de cadastro, os usuários podem consultar a disponibilidade de bicicletas nas demais estações, que estão distribuídas por pontos distintos do município: na Praça Dom Pedro II, na sede da Guarda Municipal e em frente à Prefeitura.

A Bicicleta Ecológica

O projeto disponibiliza 200 bicicletas produzidas com material reciclado. O modelo possui o quadro desenvolvido com garrafas PET, cuja flexibilidade natural absorve pequenos impactos de terrenos irregulares.

Entre as vantagens da bicicleta ecológica estão: o processo de desenvolvimento limpo, reaproveitamento de garrafas PET, preço inferior à versão tradicional, ausência de ferrugem, eliminação de solda e pintura – reduzindo a extração de recursos naturais como minério de ferro e bauxita e, ainda, liberando menos CO2 do que no processo de produção padrão.

Vitrine Cultural

Em 2013, a Fundação Toyota do Brasil em parceria com a Prefeitura de Guaíba (RS) restaurou a “Casa do Juiz”, que serviu como residência para os primeiros juízes da comarca da cidade nas décadas de 60 a 90, para a instalação da Vitrine Cultural.

O objetivo é incentivar o desenvolvimento turístico e cultural de Guaíba, servindo como um centro de informações da região da Costa Doce e atuando também junto à população na promoção de conhecimento sobre o local onde vivem.

Vitrine Cultural é um espaço aberto ao público para exposições, lançamentos de livros, oficinas e palestras, além de servir também como palco para discussões e fóruns relacionados às áreas de educação, meio ambiente e cultura.

O espaço está localizado em uma área privilegiada da cidade, dentro do Sítio Histórico. A região abriga bens tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE-RS), como: a Casa de Gomes Jardim – onde moraram líderes da Revolução Farroupilha (Bento Gonçalves, por exemplo).

Visitas ou eventos

Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (51) 3480-7089.

Endereço: Rua Quatorze de Outubro, nº 313 – Centro, Guaíba (RS).

Biblioteca Monteiro Lobato

Em 2016, a Fundação Toyota do Brasil modernizou e ampliou a Biblioteca Pública Municipal Monteiro Lobato em São Bernardo do Campo (SP), demanda solicitada pelo Conselho de Orçamento Participativo do Município.

A cidade foi a primeira a receber uma fábrica da Toyota fora do Japão, por isso, tem uma grande importância histórica para a marca japonesa – que já apoiou outros projetos sociais no município, como: Trilhas Culturais e Memória Local na Escola. 

Além de recuperar as condições do edifício e revitalizar a praça, o Projeto Biblioteca Monteiro Lobato ofereceu mais acessibilidade, conforto aos usuários e segurança ao acervo. O pavimento térreo segue o conceito de “biblioteca aberta”, um ambiente único e dividido por estantes baixas com fechamento em vidro. Além das melhorias na reforma, a obra também ganhou o conceito “verde” por meio da instalação de painéis de energia solar e reuso de água da chuva.

Visitação

Para mais informações, entre em contato pelo telefone: (11) 2630-5100.

Endereço: Rua Dr. Fláquer, nº 26 – Centro, São Bernardo do Campo (SP).

Toyota e a Mata Atlântica

O projeto Toyota e a Mata Atlântica foi desenvolvido pela Fundação Toyota do Brasil de 2009 a 2011, quando a entidade ampliou seu foco de atuação e criou o projeto Toyota APA Costa dos Corais, operacionalizado pelo ICMBio  (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) com apoio também da Fundação SOS Mata Atlântica.

Projeto Ambientação

O Projeto Ambientação foi criado em 2008 pela Toyota do Brasil em parceria, inicialmente, com as prefeituras das regiões onde a Toyota do Brasil possui unidades fabris, como: Campinas, Indaiatuba e Sorocaba (SP). A partir de 2009, o projeto foi incorporado pela Fundação Toyota do Brasil.

O objetivo é disseminar conhecimento e promover o desenvolvimento sustentável da sociedade utilizando o TBP (Toyota Business Practices), metodologia exclusiva da montadora japonesa. 

Durante o Ambientação, os participantes são apresentados às atividades de conservação ambiental que a Toyota realiza em suas unidades, como: reflorestamento, controle de produtos químicos, reciclagem de lixo, tratamento de efluentes e uso racional de energia elétrica e água. 

Com base nos valores da instituidora, eles desenvolvem um projeto final que é acompanhado por colaboradores da empresa e da Fundação Toyota do Brasil, desenvolvendo estratégias e propondo metas de redução no consumo de recursos naturais (água e energia elétrica) no local, além da implementação do gerenciamento de resíduos.

O TBP pode ser utilizado em prédios públicos, organizações não-governamentais (ONGs) ou até mesmo em residências, por exemplo.

Em 2019, foi lançado o EAD Ambientação – projeto realizado de forma online.

Curiosidades

O Ambientação já envolveu mais de 500 mil pessoas entre alunos, professores e servidores públicos que agem como multiplicadores de boas práticas para a comunidade onde estão inseridos. 

Além disso, a iniciativa já conquistou dois importantes prêmios: o Top Car TV em 2014 – principal premiação da televisão nacional voltada ao setor automotivo, na categoria “Melhor Ação de Responsabilidade Social” e o Prêmio REI 2016 (Reconhecimento à Excelência e Inovação) na categoria Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental.